Capítulo 06. Independência dos Estados Unidos

A tomada do Forte Ticonderoga, ainda em 1775, pelos colonos americanos, marcou o início da Guerra da Independência contra os ingleses. Em outubro de 1777, os americanos obtiveram uma grande vitória em Saratoga, o que permitiu a Benjamin Franklin conseguir o apoio da França e da Espanha na luta contra os ingleses. O marquês de La Fayette e o general Rochambeau desem-barcaram nas colônias liderando seis mil soldados a fim de ajudar os colonos em sua luta contra os ingleses. A França e a Espanha ajudaram os colonos com o intuito de enfraquecer a poderosa Inglaterra, que tinha a supremacia econômica e política em quase todo o mundo, graças à sua marinha que ocupava os sete mares.

Em Yorktown, a 17 de outubro de 1781, os ingleses foram definitivamente derrotados. Com o tratado de Versalhes, feito em 1783, ficava reconhecida a independência dos Estados Unidos: a Inglaterra cedia à França o Senegal e algumas ilhas das Antilhas, e a Espanha recebia a Ilha de Minorca e a região da Flórida.

3. O Surgimento dos Estados

Unidos da América

Finalmente em 1787 foi promulgada a primeira Constituição dos Estados Unidos. Determinava o regime republicano presi-dencialista e a divisão de poderes, denotando a influência da teoria de Montesquieu. Nessa Constituição mantiveram-se algumas restrições como, por exemplo, o voto censitário (uma vez que para se obter o direito de voto era necessário possuir alguma propriedade) e a escravidão. Isso reflete a hegemonia política dos lati-fundiários do Sul após o processo de independência.

Exercícios Resolvidos

01. (Cesgranrio-RJ) O processo de Independência das treze colônias inglesas da América do Norte, origem dos Estados Unidos da América, na segunda metade do século XVIII, articula-se às demais questões então em curso na Europa Ocidental, com exceção de uma. Assinale-a.

a) O conflito colonial e comercial entre a França e a Inglaterra, particularmente grave nas respectivas colônias da América do Norte.

b) A difusão das idéias liberais, ligadas ao Iluminismo, hostis à dominação e à exploração exercidas pelas metrópoles sobre suas colônias, especialmente o pacto colonial.

c) O desenvolvimento acelerado do capitalismo na Inglaterra, favorecendo os segmentos políticos e sociais hostis ao protecionismo mercantilista.

d) A ampla divulgação das idéias fisiocráticas, favoráveis às restrições adotadas pelas autoridades inglesas contra as relativas isenções fiscais e a autonomia político-administrativa das colônias norte-americanas.

e) A influência das idéias políticas e sociais, especialmente as obras de J. Locke e de Montesquieu, contrárias ao absolutismo e aos privilégios do Antigo Regime.

Resposta: D

02. Apesar do forte conteúdo democrático no processo de independência dos Estados Unidos, manteve-se o trabalho escravo. Explique essa contradição.

Resposta

A escravidão foi mantida em virtude dos inte-resses econômicos dos líderes da independência, ou seja, eram latifundiários escravagistas. O escra-vo era visto como propriedade, daí sua preservação.

Leitura Complementar:


40
  Capítulo 06. Independência dos Estados Unidos 40