Capítulo 03. Ação Gênica

Os corrimãos da escada do modelo de Watson e Crick são formados pelas unidades açúcar-fosfato dos nucleotídeos. Cada degrau é constituído por um par de bases nitrogenadas (uma de cada filamento), sempre uma base púrica pareada com uma base pirimídica.

Observe, no esquema anterior (fig. C), que os dois filamentos complementares "correm" em sentido contrário.

A partir das relações descobertas por Chargaff, e estudando os possíveis locais de estabelecimento de pontes de hidrogênio entre duas bases nitrogenadas, Watson e Crick concluíram que as duas cadeias paralelas de nucleotídeos permanecem unidas por pontes de hidrogênio entre as bases, sempre da mesma maneira: adenina com timina e citosina com guanina. Independentemente de qual seja a seqüência de bases em um filamento, o outro tem seqüência exatamente complementar. Por exemplo, se em um filamento se encontra a seqüência:

, o filamento complementar terá, obrigatoriamente:

Os dois filamentos da molécula poderiam ser assim representados:

Uma propriedade importante do material genético é conter toda a informação genética.

A seqüência de bases do DNA é um "alfabeto" com quatro letras (A, T, C e G), nas mais diversas combinações. Um vírus tem filamentos de DNA com 10.000 nucleotídeos, enquanto o DNA presente nos 46 cromossomos humanos possui cerca de 3,2 bilhões de nucleotídeos.

Outra propriedade importante da molécula de DNA é a capacidade de se autoduplicar, gerando cópias perfeitas de si mesma. A expressão autoduplicação não é totalmente correta, pois, sem as enzimas e a matéria-prima necessárias, ela não ocorre.

Durante a duplicação do DNA, os dois filamentos se separam (por ruptura das pontes de hidrogênio), e a enzima DNA-polimerase utiliza cada filamento como "molde" para a montagem de um filamento novo. Os novos nucleotídeos são unidos entre si, obedecendo à seqüência ditada pelo filamento original. Em frente a uma adenina, posiciona-se uma timina (ou vice-versa) e, em frente a uma citosina, coloca-se uma guanina (ou vice-versa).

Dessa forma, quando o processo se completa, cada filamento original serviu de molde para a montagem de um filamento novo. Cada nova molécula de DNA tem, portanto, um filamento recém-formado e um filamento remanescente da molécula inicial. A duplicação é semiconservativa.

 



41
  Capítulo 03. Ação Gênica 41