Capítulo 03. Associação de Resistores
4. Associação em Paralelo

Um conjunto de resistores quaisquer é dito associado em paralelo quando todos os resistores estiverem submetidos à mesma diferença de potencial.

Para que isso aconteça, todos os resistores devem ser ligados aos mesmos nós A e B, conforme a figura abaixo.





Para determinarmos o resistor equivalente a uma associação de n resistores em paralelo, devemos nos lembrar de que todos os resistores estão submetidos à mesma ddp e que a corrente elétrica total da associação é a soma das correntes elétricas em cada resistor.




Sendo:



temos:


ou seja:



ou, de modo geral:



O resistor equivalente apresenta uma resistência elétrica cujo inverso é igual à soma dos inversos das resistências dos resistores que compõem a associação e, conseqüentemente, a resistência do resistor equivalente é menor que a menor das resistências associadas.

Casos Particulares:

1. No caso dos n resistores apresentarem a mesma resistência, ou seja, R1 = R2 = ... = Rn = R, o resistor equivalente terá uma resistência dada por:



2. Se a associação é composta por apenas dois resistores R1 e R2 , o resistor equivalente é dado por:

ou




ou seja, a resistência equivalente é dada pelo produto dividido pela soma das resistências dos resistores associados.

Portanto, uma associação em paralelo apresenta as seguintes propriedades:

26
  Capítulo 03. Associação de Resistores 26