Capítulo 01. Introdução à Química Orgânica
As quatro valências são representadas por quatro tracinhos (–).


A tetravalência do carbono é decorrente da existência de quatro elétrons na sua camada de valência.


C (Z = 6 ) K   L                
                2    4





Dessa maneira, o carbono precisa emparelhar os seus quatro elétrons da camada de valência para adquirir configuração de gás nobre (oito elétrons na camada de valência = 4 pares).

II. Segundo Postulado

As quatro valências do carbono são iguais entre si

Pode-se explicar o fato de o carbono apresentar as quatro valências iguais por meio da existência, por exemplo, de apenas um composto, denominado clorometano ou cloreto de metila CH3CI.

Se as quatro valências fossem diferentes, deveríamos ter quatro moléculas diferentes para o composto CH3CI.


Como só existe um composto com a fórmula CH3CI, as quatro representações apresentadas devem ser consideradas como iguais e, conseqüentemente, as quatro valências equivalem-se.

III. Terceiro Postulado

Propriedade do encadeamento

Os átomos de carbono podem ligar-se entre si formando cadeias. Isso explica o fato de existirem mais de quatro milhões de compostos orgânicos. Os átomos de carbono podem formar cadeias abertas ou fechadas (anéis); tanto as cadeias abertas como as fechadas podem se ramificar e ligar-se umas às outras:






               








A capacidade de formar cadeia não é exclusiva do carbono, pois, ocorre também com outros elementos, tais como: silício (IVA), enxofre, fósforo, nitrogênio e oxigênio; no entanto, no carbono é muito pronunciada, a tal ponto que se conhecem milhões de compostos orgânicos de cadeias distintas.

8
  Capítulo 01. Introdução à Química Orgânica 8