Capítulo 10. Vetores

Leitura Complementar


Vetor Posição

Consideremos um corpo descrevendo uma trajetória curva em relação a um sistema de coordenadas retangulares xy, conforme a figura.



A posição P do corpo, num instante t qualquer, pode ser fornecida pelas coordenadas x e y e o movimento do corpo pode ser descrito pelas funções horárias.
x = f(t) e y = f(t)

Podemos também fornecer a posição do corpo pelo vetor   , um vetor com origem no ponto 0 (referencial) e extremidade no ponto P. Esse vetor r recebe o nome de vetor posição.


Deslocamento Vetorial

Quando um corpo se movimenta numa trajetória curva qualquer, o vetor posição varia no decorrer do tempo. Essa variação no vetor posição ocorre, obrigatoriamente, na direção e no sentido, mas não obrigatoriamente no módulo.


Se o móvel se movimenta do ponto P1 para o ponto P2, dizemos que ele sofreu um deslocamento vetorial dado por



O vetor , que representa o deslocamento vetorial do móvel entre os instantes t1 e t2, é um vetor com origem em P1 (posição inicial) e extremidade em P2 (posição final).

O módulo do vetor deslocamento é dado por:



Velocidade Vetorial Média

O vetor velocidade vetorial média é definido pela relação entre o vetor deslocamento e o correspondente intervalo de tempo



Como o intervalo de tempo é sempre positivo, o vetor velocidade vetorial média possui a mesma direção e o mesmo sentido que o vetor deslocamento .

75
  Capítulo 10. Vetores 75