Capítulo 07. Leis de Kirchhoff
3. Primeira Lei de Kirchhoff (lei dos nós)


“A soma das intensidades das correntes que chegam a um nó é igual à soma das intensidades das correntes que saem”.

Exemplo
 

i1 + i2 + i5 = i3 + i4

 

4. Segunda Lei de Kirchhoff (lei das malhas)

Define-se malha, num circuito elétrico, como sendo qualquer percurso fechado.
Exemplo



Malha ABEF; malha BCDE; malha ACDF.

“Ao se percorrer uma malha, num determinado sentido, até se retornar ao ponto de partida, a soma algébrica das ddps é nula.”

No exemplo anterior, para a malha ABEF, percorrida no sentido horário e partindo de A, temos:

VA – VB + VB – VE + VE – VF + VF – VA = 0
– R1 · i1+ R3· i2 – R2 · i1 + E1 – r1 · i1 = 0



Exercícios Resolvidos


Dado o circuito, determinar a leitura no amperímetro ideal e a ddp entre os pontos M e N.
 

Resolução

1o passo: Adotamos sentidos arbitrários para as correntes elétricas nos ramos e aplicamos a lei dos nós.

 

Para o nó M, temos: i1 = i2 + i3 (I)
2o passo: Aplicamos a lei das malhas às malhas e , após termos adotado um sentido de percurso (horário para a e anti-horário para , por exemplo) e um ponto de partida (M, por exemplo).


Malha :
+4 i2 – 8 + 10 · i1 = 0 4i2 + 10 i1 = 8 (II)

Malha :
+4i2 – 8 + 50 – 1 · i3 – 5i3 = 0
+4 i2 + 42 – 6i3 = 0 4i2 – 6i3 = – 42 (III)

55
  Capítulo 07. Leis de Kirchhoff 55