Capítulo 01. Introdução à Óptica

I. Eclipse do Sol

Ocorre quando a Lua se coloca entre o Sol e a Terra. Pode ocorrer de duas formas: eclipse total do Sol ou eclipse parcial do Sol. O eclipse total do Sol ocorre para regiões da Terra que se encontram no cone de sombra projetada da Lua. Já o eclipse parcial do Sol ocorre para regiões que se encontram no cone de penumbra projetada da Lua. Veja o esquema abaixo, que foi construído fora de escala.




II. Eclipse da Lua

O eclipse da Lua ocorre quando a Terra se coloca entre o Sol e a Lua, projetando sua sombra sobre a Lua. Veja o esquema abaixo. que foi construído fora de escala.
 




Quando a Lua se encontra na posição I, ela está ainda iluminada pelo Sol. Quando passa à posição II, encontra-se numa região de penumbra projetada pela Terra.

Na posição III, a Lua entra numa região de sombra projetada pela Terra e deixa de ser iluminada pelo Sol. Na posição IV, ela volta para uma região de penumbra e finalmente, na posição V, ela está totalmente iluminada pelo Sol.


5.3. Câmara Escura

Outro exemplo tradicional da propagação retilínea da luz é a câmara escura com orifício. Constrói-se uma caixa escura com um orifício numa face e, na face oposta ao orifício, é colocado um corpo translúcido, como, por exemplo, papel vegetal. Outra possibilidade de construção é uma câmara escura com um orifício e, na face oposta ao orifício, é colocado um papel fotográfico. Neste caso, ficará registrada uma imagem invertida do objeto no papel fotográfico.

Exercícios Resolvidos


01. Um muro de 1,80 m de altura produz uma sombra de 90 cm. No mesmo instante, uma torre produz uma sombra de 12 m. Determine a altura da torre.

Resolução

Consideremos as sombras do muro e da torre, representadas na figura a seguir.


Num mesmo instante, os raios solares são praticamente paralelos. Portanto, os triângulos ABC e DEF são semelhantes.



15
  Capítulo 01. Introdução à Óptica 15