Capítulo 02. Movimento Uniforme

Observe que todo movimento uniforme terá este tipo de função horária do espaço, isto é, trata-se de uma função matemática do primeiro grau, onde s0 e serão os seus coeficientes linear e angular, respectivamente.

Como exemplo, veja a tabela a seguir. Ela nos traz a relação espaço-tempo de um objeto em movimento uniforme.

Não há razão para sabermos qual o formato de sua trajetória, mas a função horária do espaço deste móvel é facil de se obter.

Acompanhe os passos a seguir:

1) Pela tabela, temos:

2) Montagem da função horária:

Repare que esta expressão final relacionará todos os dados da tabela anterior:

....e assim por diante.

5. Diagrama Horário do Espaço

Já que a função horária do espaço de todo movimento uniforme é do primeiro grau, o gráfico espaço x tempo terá a forma de uma reta inclinada, a partir do espaço inicial (s0).

Se for progressivo , o espaço será crescente no decorrer do tempo. Se retrógrado , o espaço decrescerá com o tempo.

Observe que a declividade da reta (tg) representa o coeficiente angular da função, isto é:

Exercícios Resolvidos

01. A função horária do espaço, para um movimento uniforme, é dada por:

Determine:

a) o espaço inicial e a velocidade escalar do movimento;

b) a posição do móvel para t = 30 s;

c) o instante no qual a posição do móvel é 20 m.

Resolução

a) A função horária do MU é s = s0 + · t e

no exercício, a equação é s = 10 + 2,0t .

Por comparação, temos:

s0 = 10 m 

e

= 2,0 m/s

b) No instante t = 3,0 s, temos:

s = 10 + 2,0 (3,0)    

s = 16 m

c) Para s = 20 m, obtemos:

20 = 10 + 2,0 · t     

t = 5,0 s

02. Um móvel, em movimento retilíneo e retrógrado, possui velocidade constante e de valor absoluto igual a 5,0 m/s. No instante t = 0, ele se encontra em um ponto situado a 20 m à direita da origem dos espaços. Supondo que a trajetória tenha orientação positiva para a direita, determine:

a) a função horária do espaço;

b) o instante em que o móvel passa pela origem dos espaços.


23
  Capítulo 02. Movimento Uniforme 23