Capítulo 01. Termometria

para a altura correspondente a temperatura do corpo humano, e dividindo o intervalo obtido em 40 partes iguais, temos o termômetro graduado na escala X, onde cada parte recebe o nome de um grau X.

Para medir a temperatura de uma sala, basta colocar o termômetro graduado na sala, esperar o equilíbrio térmico e fazer a leitura numérica correspondente ao seu estado térmico na escala X.

2. Escala Celsius

Escala construída, em 1742, pelo físico e astrônomo sueco Anders Celsius, que adotou para o ponto de fusão de gelo o valor 0 (zero) e para o ponto de ebulição da água o valor 100 (cem). Dividiu-se o intervalo obtido entre os pontos fixos em cem partes iguais, em que cada parte corresponde à uma unidade da escala e foi denominada de grau Celsius, cujo símbolo é o °C.

3. Escala Fahrenheit

Construída, em 1724, pelo físico alemão Daniel Gabriel Fahrenheit, que adotou o valor 0 (zero) para a mistura: água, gelo picado e sal; e o valor 100 para a temperatura do corpo humano. Dividiu-se o intervalo entre esses pontos fixos em 100 partes iguais e cada parte recebeu o nome de grau Fahrenheit, cujo símbolo é °F.

Ao compararmos os pontos fixos escolhidos por Fahrenheit e Celsius, temos para o ponto de fusão do gelo, sob pressão de 1 atmosfera, o valor 32 °F e para o ponto de vapor da água, também sob pressão de 1 atmosfera, o valor 212 °F; o intervalo dividido em 100 partes iguais pelo sueco (Celsius) é dividido em 180 partes iguais na escala do alemão (Fahrenheit).


11
  Capítulo 01. Termometria 11