Capítulo 02. Dilatação Térmica

03. Qual o coeficiente de dilatação volumétrica de uma barra metálica que experimenta um aumento de 0,1% em seu comprimento para uma variação de temperatura de 100 °C?

Resolução

Leitura Complementar:

6. Dilatação Térmica dos Líquidos

Os líquidos, como sabemos, não possuem forma própria, isto é, assumem a forma do recipiente que os contém; portanto, só é justificável o estudo de sua dilatação volumétrica, cuja equação é a mesma da dilatação dos sólidos:

Para o estudo da dilatação dos líquidos, devemos levar em consideração o recipiente, pois tanto o líquido quanto o recipiente sofrem dilatação. De maneira geral, os líquidos dilatam-se mais que os sólidos quando igualmente aquecidos (menor afinidade molecular ou atômica).

Consideremos um recipiente totalmente cheio de líquido, com um volume inicial V0 a uma temperatura inicial 0 e um recipiente menor inicialmente vazio.

Ao aquecermos o conjunto a uma temperatura , o volume do recipiente passa a ser V. Como o líquido dilata-se mais do que o recipiente, uma parte vai transbordar e cair no recipiente ao lado.

Ao volume de líquido transbordado chamamos de dilatação aparente. É que aparentemente parece ter sido esta a dilatação do líquido.

Na realidade, o líquido dilatou o aparente (ap) mais a dilatação do frasco (F).

Então:

dilatação do líquido

dilatação do frasco

dilatação aparente

, dividindo ambos os membros da igualdade por , temos:


19
  Capítulo 02. Dilatação Térmica 19