Capítulo 03. Calorimetria

No estado líquido, as moléculas encontram-se mais afastadas umas das outras, porém existem entre elas forças apreciáveis. No entanto, essas interações são mais fracas que nos sólidos, o que confere aos líquidos um comportamento totalmente diferente do comportamento dos sólidos.

Devido à proximidade das moléculas do líquido, qualquer tentativa de compressão exige forças externas de grande intensidade, por isso dizemos que os líquidos tem compressibilidade muito pequena. A fraca interação entre as moléculas permite a elas uma movimentação maior que nos sólidos e explica o fato de o líquido possuir a forma do recipiente que o contém ou esparramar-se sobre um plano.

No estado gasoso, a distância entre as moléculas é muito grande quando comparada com suas dimensões. Por estarem muito afastadas umas das outras, a interação entre elas é praticamente desprezível, permitindo-lhes uma grande liberdade de movimentação.

Devido à grande distância entre as moléculas e interações praticamente desprezíveis, os gases possuem o volume e a forma do recipiente que os contém e sofrem compressões significativas sob ação de forças externas.

 

10. Mudanças de Fase

Quando um sólido é aquecido, sob pressão constante, suas moléculas recebem energia na forma de calor, vibram com mais intensidade e sua temperatura aumenta até um valor determinado. Continuando a receber calor, a sua temperatura permanece constante e toda a energia que ele recebe é utilizada na quebra das ligações moleculares, provocando uma mudança de fase.

Depois que todo o sólido transformou-se em líquido, a energia recebida aumenta a agitação molecular novamente, produzindo variação de temperatura, que aumenta novamente até um determinado valor, e volta a permanecer constante. Continuando a receber calor, a energia recebida a partir desse momento é utilizada em uma nova mudança de forma física.

Após toda a substância transformar-se do estado líquido para o estado de vapor, a energia recebida altera a agitação molecular e a temperatura volta a aumentar.

Podemos representar esse comportamento através de um gráfico denominado curva de aquecimento.


27
  Capítulo 03. Calorimetria 27