Capítulo 04. Gases Perfeitos

03. Os recipientes A e B contêm oxigênio nas condições indicadas:

Sendo 0,5 kg a massa de gás contida no recipiente A, pede-se calcular a massa de oxigênio no recipiente B.

Resolução

1)

2)

3) Igualando (1) e (2) vem:

mB = 0,3 kg

04. Um recipiente, de volume constante, é dotado de uma válvula, e contém 1,5 mol de oxigênio a uma temperatura de 127 °C e exercendo uma pressão p0. Abrindo-se a válvula, parte do gás escapa, com a pressão caindo pela metade e a temperatura se estabilizando em 27 °C. Qual a porcentagem do gás que resta no recipiente?

Resolução

Igualando (1) e (2) vem:

 

05. Um gás perfeito encontra-se no interior de um cilindro metálico munido de um êmbolo e de uma torneira. O volume inicial do gás é V0 e a sua pressão inicial é p0 = 4 atm. Abre-se a torneira e desloca-se o êmbolo de forma que a metade da massa de gás escapa lentamente, ficando o gás residual reduzido a um volume igual a 2/3 do inicial. Qual a nova pressão do gás, dado que a temperatura permanece constante.

Resolução

7. Lei Geral dos Gases

Perfeitos

Consideremos dois estados distintos de uma mesma massa gasosa:


46
  Capítulo 04. Gases Perfeitos 46