Capítulo 04. Gases Perfeitos

Resolução

T2 = 525 K   ou   2 = 252 °C

07. A figura abaixo representa um balão contendo um gás. No gargalo, cuja secção reta é 0,5 cm2, existe uma gota de mercúrio G. Quando a temperatura é 27 °C, o volume de gás é 1 000 cm3.

Determine quanto subirá a gota de mercúrio quando o balão for aquecido a 42 °C.

Resolução


Leitura Complementar:

 

10. Teoria Cinética dos Gases

A teoria cinética dos gases foi desenvolvida a partir da aplicação das leis da Mecânica de Newton aos sistemas microscópicos dos gases, ou seja, às suas partículas. Para tal aplicação, vamos supor as seguintes hipóteses:

1a) Todas as moléculas se encontram em movimento desordenado.

2a) As moléculas não exercem forças umas sobre as outras, exceto quando colidem.

3a) Os choques entre as moléculas e com as paredes do recipiente são perfeitamente elásticos.

4a) As moléculas têm dimensões desprezíveis em comparação com os espaços vazios que as separam.

5a) Entre os choques, as moléculas se movem em MRU (movimento retilíneo uniforme).

10.1. Pressão de um Gás

As moléculas de um gás estão em constante e desordenado movimento, chocando-se com as paredes do recipiente, causando o aparecimento de uma força, que age contra as paredes e, conseqüentemente, exercendo uma pressão.

A pressão devida às colisões das moléculas, em função da velocidade média das moléculas de um gás, é:

Em que:


10.2. Energia Cinética do Gás

A energia cinética de um gás é a soma das energias cinéticas de todas as moléculas que compõem o gás.


51
  Capítulo 04. Gases Perfeitos 51