Capítulo 02. Energia

Observação

Este trabalho negativo representa o quanto de energia que a mola extraiu do bloco na queda para armazenar em si.

02. O carrinho de massa 2,0 kg é disparado, a partir do repouso, por uma mola comprimida de constante elástica 800 N/m, adquirindo a velocidade de 10 m/s ao abandoná-la. Despreze qualquer atrito.

a) Qual o trabalho realizado pela força elástica nesse disparo?

b) Qual a deformação que tinha a mola no início do disparo?

Resolução

a) Pelo teorema da energia cinética, sabemos que a força elástica (por ser a força resultante) tem seu trabalho dado pela energia cinética adquirida pelo carrinho. Ou seja:  

b)

    

03. Qual a energia potencial armazenada em uma mola elástica quando distendida de 10 cm por uma força de tração de 50 N?

Resolução

  F = k · x

   50 = k · 0,10 k = 500 N/m

 

 

5. Energia Mecânica

A energia mecânica (Em) de um corpo ou de um sistema de corpos corresponde à soma das energias cinética e potencial.

Como já vimos, qualquer que seja a forma de energia mecânica (cinética, potencial gravitacional ou potencial elástica), a sua unidade, no Sistema Internacional (SI), é o joule (J).

 

6. Forças Conservativas

Dizemos que as forças atuantes num corpo ou num sistema são conservativas quando seus trabalhos não alteram a sua energia mecânica.

Logo, são conservativas todas as forças cujo trabalho estiver associado com alguma energia poten-cial. Como exemplo disso, temos: a força peso e a força elástica (sempre conservativas).


17
  Capítulo 02. Energia 17